O que comemos pode influenciar a nossa mente?

O que comemos afeta diretamente a estrutura e a função do nosso cérebro.  Nosso cérebro trabalha 24 horas por dia, 7 dias por semana, cuidando dos nossos pensamentos, respiração, movimentos, sentidos e batimentos cardíacos, mesmo enquanto estamos dormindo. Nosso cérebro requer um suprimento constante de combustível. e esse “combustível” vem dos alimentos que comemos  Simplificando, o que comemos afeta diretamente a estrutura e a função do seu cérebro(1).

Como um carro, seu cérebro funciona melhor quando recebe um combustível de melhor qualidade. Comer alimentos de alta qualidade que contêm muitas vitaminas, minerais e antioxidantes nutre o cérebro e o protege do estresse oxidativo. Infelizmente, assim como um carro caro, seu cérebro pode ser danificado se você ingerir combustível de má qualidade, como alimentos ricos em açúcares, que  são prejudiciais ao cérebro pois, além de piorar a regulação da insulina do seu corpo, também promovem inflamação e o estresse oxidativo. Vários estudos apresentam correlação entre uma dieta rica em açúcares refinados e função cerebral prejudicada – e até mesmo um agravamento dos sintomas de transtornos de humor, como a depressão(1).

Nos últimos anos, vários estudos revisados confirmaram a eficácia da dieta cetogênica ou dieta low carb na melhoria da cognição. Em termos de cognição, os benefícios podem ser traduzidos em um aumento na memória verbal e de reconhecimento, fluência verbal, função executiva e cognição global(2).

A dieta cetogênica é definida como uma dieta rica em gordura e pobre em proteínas e carboidratos (proporção de 3:1 ou 4:1 [em gramas]). Essa estratégia alimentar simula os efeitos metabólicos do jejum, ativando um processo conhecido como cetogênese, permitindo que a glicose, o principal combustível cerebral, seja substituída por corpos cetônicos na forma de ácido acetoacético, b-hidroxibutirato e acetona. 

Alguns estudos ainda demonstram que a dieta cetogênica melhora o humor, especificamente melhorando a depressão e a qualidade de vida, sendo também um possibilidade de tratamento para determinadas doenças crônicas e neurológicas(2).

Se preocupar com a nossa dieta pode ter mais benefícios que o nosso próprio cérebro não imagina!  

Fontes:

HARVARD HEALTH BLOG. Nutritional psychiatry: Your brain on food. Eva Selhub MD. September 18, 2022.                   https://www.health.harvard.edu/blog/nutritional-psychiatry-your-brain-on-food-201511168626#:~:text=That%20%22fuel%22%20comes%20from%20the,it%20gets%20only%20premium%20fuel.
Dieta cetogênica e a melhora da cognição nas doenças neurodegenerativas.Medscape.Dr. Fabiano M. Serfaty. https://portugues.medscape.com/verartigo/6508252?icd=ssl_login_success_221020

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias 

Panqueca low carb

Panqueca low carb

Ingredientes 3 ovos 3 colheres de sopa de farinha de linhaça Dourada 1 pote de queijo Cottage ou Ricota Adoçante ou sal na quantidade desejada...